domingo, 4 de setembro de 2011

Resultado do Passatempo - "Desejar", Carrie Jones

Tenho de ser honesta... Adoro fazer este tipo de passatempos; passatempos que puxam pelos seus participantes, que requerem atenção, amor e muita, muita criatividade. No entanto, e como tudo tem o seu reverso, cada vez se torna mais complicado escolher somente um número limitado de participações para vencedores. Ainda assim, e após algumas horas de debate, a administração do blogue – ou seja, eu – finalmente conseguiu seleccionar apenas duas respostas e, desse modo, anunciar os dois vencedores deste desejoso passatempo!
Porém, e àqueles que ainda não foi desta que ganharam, quero apenas dizer que continuem a tentar e a deslumbrar-me com graciosas participações. É sempre uma delícia ler/ver as respostas a estes passatempos mais didácticos.

Os dois exemplares a sorteio do livro Desejar, da autora Carrie Jones e gentilmente cedidos pela 1001 Mundos vão para:

Vítor Hugo (...) Caixeiro
Vasco (...) Teixeira

E aqui ficam as respostas:

"Algures no meio de uma inócua, densa floresta, que apenas o verde evidenciaria a presença de vida, estaria o meu pacato refúgio. Oculto dos olhares, exibindo o seu perfeito disfarce, esse seria o local aonde me dirigiria quando a necessidade de conforto aparecesse. Pois no seu interior, penetrado nas profundidades do solo e da escuridão, figurariam longas estantes nas paredes escavadas que suportariam tantos livros que nem se pudesse distinguir o seu fundo. Para onde quer que olhasse, apenas vislumbraria diferentes tonalidades de lombadas, umas delgadas, outras volumosas, formando na sua totalidade um magnífico arco-íris subterrâneo. Apenas os raios do sol vindos do exterior violariam a tranquilidade do meu vasto tesouro, conferindo-lhe o destaque, a sublime grandiosidade da qual seria verdadeiro merecedor. Atingiria com maior intensidade uma cadeira ostentada ali no centro, aguardando a minha estadia de longas horas de satisfação, após ter explorado todos os recantos em busca de uma nova história, um novo universo. Permaneceria ali até que as pálpebras dos meus olhos ameaçassem cair, ali, na maior biblioteca que alguém ousaria ter." 

"Desejo ganhar, desejo estar aqui para ficar.
Desejo vencer, desejo saber, desejo que me fiquem a conhecer.
Desejo ser compreendido, ou pelo menos reconhecido.
Desejo ser pretendido e não ficar desiludido, desejo ser correspondido.
Desejo querer e obter, e não passar por convencido.
Desejo fazer tudo e não ficar arrependido, desejo ser bem sucedido.
Desejo surpreender e ser surpreendido, desejo ser merecido.
Desejo experimentar e ser experimentado, desejo ser admirado.
Desejo que me levem ao limite, e que ainda assim fique com apetite.
Desejo ser da elite, e que este desejo não seja apenas um palpite.
Desejo não ser denegrido e jamais ser subestimado.
Desejo não ser esquecido e ser perpetuamente lembrado.
Desejo ser eterno e nunca viver num inferno.
Desejo libertar-me da morte e ser sempre o mais forte.
Desejo permanecer neste mundo até ele acabar.
Desejo ser o melhor, sem nunca falhar.
Desejo deixar a minha marca no mundo e nunca ficar em segundo.
E desejar mais do que a paz mundial é… desejar ser imortal."

Estejam atentos nos próximos dias pois o Pedacinho está prestes a fazer dois anos de muitas leituras!, e, com essa data tão especial mesmo à porta, cheira-me que muitos passatempos vão passar por aqui este mês... 

Boas leituras!

4 comentários:

Vc disse...

Muito obrigado! O que agora me deixaria ainda mais feliz seria ver o meu desejo realizado :P Parabéns ao outro vencedor!

Vasco disse...

Muito Obrigado! Bem, acho que pedir o que desejei no texto é um pouco excessivo...
Parabéns ao outro vencedor, o texto estava sublime!

Pedacinho Literário disse...

Parabéns aos dois!

Foram dois premiados bem merecidos. :)

Magali Viana Martins disse...

Muito bem, sim senhor Lol
Ora aqui estão dois Prémios bem merecidos mesmo:)
Parabéns aos dois Vencedores


Visitem:
Www.oblogdamalaika.blogspot.com

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.