quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

A Finitude de Um... E o Começo de Outro


2016 quero que traga: 

Mais livros. 
Mais tempo de leitura. 
Mais paixões. 
Mais sorrisos. 
Mais amigos. 
Mais... Tudo mais. 

Que o melhor de 2015 seja o pior de 2016, e que 2016 seja um ano recheado de aventura, de momentos inesquecíveis, de memórias profundas, belas, que ficarão para sempre guardadas ‘cá dentro’. 

Que em 2016 desfilem excelentes histórias. Que literariamente este seja um ano rico, um ano como nenhum outro, em que se aposta no novo e no velho, em que o que interessa é o conteúdo, a qualidade e não a quantidade, e em que a curiosidade e o fascínio prevaleçam. 

Que 2016 seja tudo o que sempre desejaram e muito, muito mais. Que seja um ano de sonhos realizados, de objectivos conquistados, de momentos inesperados que perdurarão na memória. 

Estes são os meus votos para vocês, e para mim. Que 2016 seja um ano único.

3 comentários:

magarça disse...

Votos de boas leituras para 2016! Um dos mais divertidos que li foi "Orfeu de Bicicleta – Um Pai no Século XXI", do brasileiro Francisco Bosco de que falam aqui: http://observador.pt/especiais/livros-aprender-um-pai-porreiro/

redonda disse...

Obrigada e faço meus, os mesmos votos!
um beijinho
Gábi

ℒιℓιαηα ಌ disse...

Bom Ano Novo, com tudo de bom e na companhia de muitas boas leituras :)

2009 Pedacinho Literário. All Rights Reserved.